Congressos e Eleições Diretas

23 nov 1974
I Congresso Nacional do PPD

Lisboa, Pavilhão dos Desportos

No primeiro congresso do Partido são debatidos e aprovados o programa e os estatutos do Partido, sendo eleitos os primeiros titulares dos órgãos estatutários. Francisco Sá Carneiro é eleito Secretário-Geral (o cargo de Presidente só é criado em outubro de 1976).

Veja os órgãos eleitos

II Congresso Nacional do PPD em 1975
06 dez 1975
II Congresso Nacional do PPD

Aveiro, Teatro Avenida

O II Congresso Nacional do PPD, fica marcado pela reeleição de Francisco Sá Carneiro como Secretário-Geral e pela exigência de revisão do pacto MFA/Partidos, pela rápida conclusão da Constituição e pelo rigoroso apartidarismo das Forças Armadas.

Veja os órgãos eleitos

30 out 1976
III e IV Congresso Nacional do PPD

Leiria, Hotel Eurosol

Realizam-se em simultâneo o III e IV Congressos Nacionais, em Leiria. Os congressistas ratificam a nova designação: PPD/PSD. É criado o cargo de Presidente da Comissão Política Nacional, sendo eleito Francisco Sá Carneiro.

Veja os órgãos eleitos

V Congresso Nacional do PSD em 1978
28 jan 1978
V Congresso Nacional

Porto, Cine-Teatro Vale Formoso

Francisco Sá Carneiro volta a apelar a uma oposição mais direta ao governo da coligação e a Eanes, no entanto, a estratégia aprovada é menos assertiva e ele recusa retomar a presidência, mantendo o lugar no Conselho Nacional. Sousa Franco é eleito Presidente da CPN.

Veja os órgãos eleitos

VI Congresso Nacional do PSD em 1978
01 jul 1978
VI Congresso Nacional

Lisboa, Hotel Roma

Sá Carneiro regressa à liderança. Ataca a ambiguidade do Presidente da República, o peso do aparelho político-militar e as orientações estatizantes socialistas. As críticas aumentam a partir de agosto, momento em que se iniciam as experiências de governos de iniciativa presidencial.

Veja os órgãos eleitos

VII Congresso Nacional do PSD em 1979
16 jun 1979
VII Congresso Nacional

Lisboa, Cinema Roma

Francisco Sá Carneiro critica o funcionamento das instituições e apresenta propostas visando a constituição de um bloco democrático que possa governar com maioria. Foram propostas medidas para apoiar a iniciativa privada e a consagração da figura do referendo na Constituição.

Veja os órgãos eleitos

VIII Congresso Nacional do PSD em 1981
20 fev 1981
VIII Congresso Nacional

Lisboa, Pavilhão dos Desportos

O VIII Congresso Nacional, que decorre cerca de dois meses depois da trágica morte de Sá Carneiro, dá a vitória a Francisco Pinto Balsemão. Correntes divergentes no PSD conseguem eleger um terço dos membros do Conselho Nacional.

Veja os órgãos eleitos.

IX Congresso Nacional no Porto, Cinema Rivoli
05 dez 1981
IX Congresso Nacional

Porto, Cinema Rivoli

Francisco Pinto Balsemão é reeleito Presidente do Partido e vê reafirmada a confiança dos militantes no governo que lidera, o VIII Governo Constitucional e o terceiro da AD, que tomou posse dois meses antes.

Veja os órgãos eleitos.

X Congresso Nacional em Albufeira
25 fev 1983
X Congresso Nacional

Albufeira, Hotel Montechoro

Pinto Balsemão é substituído por uma direção colegial. Assumem a liderança: Nuno Rodrigues dos Santos (Presidente da CPN), Nascimento Rodrigues e Eurico de Melo (Vice-Presidentes). No dia 3 de março, a CPN indicará Carlos Mota Pinto como candidato a Primeiro-Ministro.

Veja os órgãos eleitos.

XI Congresso Nacional em Braga
23 mar 1984
XI Congresso Nacional

Braga, Teatro Circo

Carlos Mota Pinto é eleito Presidente da Comissão Política Nacional. O Vice-Primeiro-Ministro do Governo liderado por Mário Soares, tinha tomado posse em junho do ano anterior, dando origem ao Bloco Central por via da coligação pós-eleitoral entre PS e PSD.

Veja os órgãos eleitos.

17 maio 1985
XII Congresso Nacional

Figueira da Foz, Casino

Cavaco Silva é eleito Presidente do partido. Discute-se quem será o candidato presidencial apoiado pelos sociais-democratas para as eleições de janeiro de 1986. A escolha recairá mais tarde sobre Freitas do Amaral.

Veja os órgãos eleitos.

XIII Congresso Nacional do PSD no Coliseu dos Recreios
30 maio 1986
XIII Congresso Nacional

Lisboa, Coliseu dos Recreios

Lisboa recebe a reunião em que Cavaco Silva vê reforçada a sua posição dentro do partido e como chefe do governo. Em novembro do ano anterior, o PSD havia assumido a liderança do X Governo Constitucional sem maioria absoluta.

Veja os órgãos eleitos.

XIV Congresso Nacional no Coliseu dos Recreios
17 jun 1988
XIV Congresso Nacional

Lisboa, Coliseu dos Recreios

Cavaco Silva reafirma a sua liderança, um ano depois da 1ª maioria absoluta. O PSD assume como prioridade do novo ciclo político implementar um conjunto alargado de reformas para adaptar Portugal ao processo de construção do mercado único europeu.

Veja os órgãos eleitos.

XV Congresso Nacional do PSD no Pavilhão Carlos Lopes
06 abr 1990
XV Congresso Nacional

Lisboa, Pavilhão Carlos Lopes

Cavaco Silva mantém-se à frente da Comissão Política Nacional do Partido e consolida a estratégia definida no congresso anterior: "Recuperar o atraso de décadas de Portugal face aos seus parceiros da CEE".

Veja os órgãos eleitos.

XVI Congresso Nacional do PSD no Pavilhão Rosa Mota
13 nov 1992
XVI Congresso Nacional

Porto, Pavilhão Rosa Mota

O PSD prepara as eleições autárquicas do ano seguinte. Na moção de estratégia assume-se que "as próximas eleições autárquicas devem ser vistas como um momento determinante para mostrar aos nossos concidadãos o sentido de responsabilidades dos sociais-democratas".

Veja os órgãos eleitos.

XVII Congresso Nacional do PSD no Coliseu dos Recreios
17 fev 1995
XVII Congresso Nacional

Lisboa, Coliseu dos Recreios

Fernando Nogueira vence a eleição no XVII Congresso do PSD e substitui Cavaco Silva. A moção de estratégia reafirma que se os sociais-democratas foram capazes de vencer tão difíceis desafios no passado, "muito mais capazes" serão de vencer "os desafios do futuro".

Veja os órgãos eleitos.

XVIII Congresso Nacional do PSD em Santa Maria da Feira
29 mar 1996
XVIII Congresso Nacional

Santa Maria da Feira, Europarque

Marcelo Rebelo de Sousa é eleito líder do partido, a moção de estratégia vencedora aposta na clareza dos princípios, na unidade da ação e na renovação da confiança. O PSD assume como desafios imediatos rever a Constituição.

Veja os órgãos eleitos.

XIX Congresso Nacional do PSD no Coliseu dos Recreios
04 out 1996
XIX Congresso Nacional

Lisboa, Coliseu dos Recreios

Os sociais-democratas reúnem-se para um congresso não eletivo, entre 4 e 6 de outubro. Com Marcelo Rebelo de Sousa a presidir à CPN, apresenta-se a moção de estratégia "Ser de novo o primeiro no poder local" e define-se como objetivo claro a vitória nas eleições regionais.

XX Congresso Nacional do PSD no Pavilhão Gimnodesportivo
17 abr 1998
XX Congresso Nacional

Tavira, Pavilhão Gimnodesportivo

Marcelo Rebelo de Sousa consegue um mandato claro para poder negociar uma aliança eleitoral com o CDS. A moção de estratégia apresentada é direta: A Coragem de Mudar. O líder do partido define objetivos e cenários para o futuro do PSD e de Portugal.

Veja os órgãos eleitos.

XXI Congresso Nacional do PSD no Coliseu do Porto
19 fev 1999
XXI Congresso Nacional

Porto, Coliseu do Porto

Reunido a 19 e 20 de fevereiro, o congresso aprova a moção de estratégia "A Coragem de Mudar" apresentada por Marcelo Rebelo de Sousa com as bases programáticas de uma aliança com o CDS-PP para as eleições europeias e legislativas.

 

XXII Congresso Nacional do PSD no Pavilhão Académica
01 maio 1999
XXII Congresso Nacional

Coimbra, Pavilhão da Académica

Durão Barroso sucede a Marcelo Rebelo de Sousa na liderança do PSD, a menos de dois meses das eleições europeias, o novo líder marca a mudança consagrada na moção de estratégia "É Tempo de Mudar", prometendo um partido forte para os desafios eleitorais desse ano.

Veja os órgãos eleitos.

XXIII Congresso Nacional do PSD no Pavilhão Inatel
25 fev 2000
XXIII Congresso Nacional

Viseu, Pavilhão do Inatel

Durão Barroso reforça a sua liderança no PSD, intensificando a colaboração com Pedro Santana Lopes.

Veja os órgãos eleitos.

XXIV Congresso Nacional do PSD no Coliseu dos Recreios
12 jul 2002
XXIV Congresso Nacional

Lisboa, Coliseu dos Recreios

A reunião magna do PSD foi focada no debate sobre a resolução dos grandes desafios que se colocavam a Portugal num período de fortes restrições financeiras em que o PSD volta ao Governo depois da demissão de António Guterres.

Veja os órgãos eleitos.

XXV Congresso Nacional do PSD em Oliveira de Azeméis
21 maio 2004
XXV Congresso Nacional

Oliveira de Azeméis, Pavilhão Dr. Salvador Machado

Liderado por Durão Barroso, o Congresso é marcado pela comemoração dos 30 anos do Partido, o clima é de confiança e unidade na vitória do Partido nas eleições para o Parlamento Europeu e nas subsequentes legislativas e presidenciais.

Veja os órgãos eleitos.

XXVI Congresso Nacional do PSD no Pavilhão Hóquei Clube de Barcelos
12 nov 2004
XXVI Congresso Nacional

Barcelos, Pavilhão Hóquei Clube de Barcelos

O XXVI Congresso Nacional do PSD aprova por unanimidade a moção de Santana Lopes, que assume a liderança do Partido após a saída de Durão Barroso para Presidente da Comissão Europeia.

Veja os órgãos eleitos.

XXVII Congresso Nacional do PSD no Pavilhão Expo Centro
08 abr 2005
XXVII Congresso Nacional

Pombal, Pavilhão Expo Centro

O Congresso de Pombal é marcado pela vitória de Luís Marques Mendes na corrida à liderança do PSD, com 56,6% dos votos. No discurso aos militantes, Marques Mendes apela à união e a uma maior abertura do Partido às bases.

Veja os órgãos eleitos.

XXVIII Congresso Nacional do PSD no Pavilhão Atlântico
17 mar 2006
XXVIII Congresso Nacional

Lisboa, Sala Tejo - Pavilhão Atlântico

O congresso reúne a 17 e 18 de março, aprovando a nova reforma estatutária, que introduz a escolha do líder do partido por eleição direta pelos militantes. A reunião extraordinária serve para aumentar os índices de confiança entre os militantes para o futuro.

Eleição de Luís Marques Mendes
05 maio 2006
1ª Eleições Diretas

Eleição de Luís Marques Mendes

Eleitores: 55.486 / Votantes: 20.713 (37,33%)

Marques Mendes: 18.832 (90,92%)

XXIX Congresso Nacional na Póvoa do Varzim
19 maio 2006
XXIX Congresso Nacional

Póvoa do Varzim, Pavilhão Municipal

A moção de estratégia de Marques Mendes, "Credibilidade para vencer", é aprovada. O líder do Partido reforça que a natureza da legitimidade do seu mandato como líder partidário mudou por via das eleições diretas, mas a linha política traçada persiste.

Veja os órgãos eleitos.

Eleição de Luís Filipe Menezes
28 set 2007
2ª Eleições Diretas

Eleição de Luís Filipe Menezes

Eleitores: 63.042 / Votantes: 39.353 (62,42%)

Luís Filipe Menezes: 21.101 (53,62%)

Marques Mendes: 16.973 (43,13%)

XXX Congresso Nacional do PSD no Pavilhão Multiusos da Expo Torres
12 out 2007
XXX Congresso Nacional

Torres Vedras, Pavilhão Multiusos da Expo Torres

Luís Filipe Menezes é eleito Presidente da Comissão Política Nacional e discursa sobre o desígnio "Ganhar Portugal".

Veja os órgãos eleitos.

Eleição de Manuela Ferreira Leite
31 maio 2008
3ª Eleições Diretas

Eleição de Manuela Ferreira Leite

Eleitores: 77.090 / Votantes: 45.592 (59,14%)

Manuela Ferreira Leite: 17.278 (37,90%)

Pedro Passos Coelho: 14.160 (31,06%)

Pedro Santana Lopes: 13.495 (29,60%)

Patinha Antão: 308 (0,68%)

XXXI Congresso Nacional do PSD no Pavilhão Multiusos de Guimarães
20 jun 2008
XXXI Congresso Nacional

Guimarães, Pavilhão Multiusos de Guimarães

Em Guimarães, os militantes juntam-se para o XXXI Congresso Nacional do PSD. Manuela Ferreira Leite afasta qualquer possibilidade de levar o PSD a participar numa eventual reedição do Bloco Central.

Veja os órgãos eleitos.

XXXII Congresso Nacional do PSD em Mafra
12 mar 2010
XXXII Congresso Nacional

Mafra, Parque Desportivo Municipal de Mafra

A reunião magna do PSD reúne-se para debater os resultados das eleições legislativas e discutir novas estratégias para o futuro, a 12 e 13 de março.

Eleição de Pedro Passos Coelho
26 mar 2010
4ª Eleições Diretas

Eleição de Pedro Passos Coelho

Eleitores: 78.094 / Votantes: 51.748 (66,26%)

Pedro Passos Coelho: 31.671 (61,20%)

Paulo Rangel: 17.821 (34,44%)

José Pedro Aguiar Branco: 1.769 (3,42%)

Castanheira Barros: 138 (0,27%)

09 abr 2010
XXXIII Congresso Nacional

Carcavelos, Pavilhão dos Lombos

Sob impulso de Pedro Passos Coelho, o XXXIII Congresso Nacional do PSD, realizado em Carcavelos, apela à união dos portugueses para iniciar um exigente processo de mudança. A renovação do ciclo político nacional estava agora iminente.

Veja os órgãos eleitos.

5ª eleição de Pedro Passos Coelho
03 mar 2012
5ª Eleições Diretas

Eleição de Pedro Passos Coelho

Eleitores: 53.270 / Votantes: 21.412 (40,20%)

Pedro Passos Coelho: 20.266 (94,65%)

23 mar 2012
XXXIV Congresso Nacional

Lisboa, Pavilhão Atlântico

Tem lugar o XXXIV Congresso em Lisboa, liderado por Pedro Passos Coelho. "Um partido de causas" é a palavra de ordem, numa altura em que o governo ainda não completara o primeiro ano.

Veja os órgãos eleitos.

6ª eleição direta de Pedro Passos Coelho
25 jan 2014
6ª Eleições Diretas

Eleição de Pedro Passos Coelho

Eleitores: 46.430 / Votantes: 19.711 (42,45%)

Pedro Passos Coelho: 17.521 (88,89%)

21 fev 2014
XXXV Congresso Nacional

Lisboa, Coliseu dos Recreios

O Congresso é liderado por Pedro Passos Coelho, com a moção "Portugal acima de tudo" que invoca Sá Carneiro: "Primeiro o País, depois o Partido e por fim a circunstância pessoal de cada um de nós." Os sociais-democratas celebram "40 anos de PSD, 40 anos de Democracia".

Veja os órgãos eleitos.

7ª eleição direta de Pedro Passos Coelho
05 mar 2016
7ª Eleições Diretas

Eleição de Pedro Passos Coelho

Eleitores: 50.518 / Votantes: 23.422

Pedro Passos Coelho: 22.276 (95,11%)

01 abr 2016
36º Congresso Nacional

Espinho, Nave Desportiva

Os social-democratas reúnem em Espinho depois de terem ganho as eleições legislativas com maioria relativa e o PS ter formado Governo com o BE e a CDU. Pedro Passos Coelho mantém a liderança do PSD.

Veja os órgãos eleitos.

8ª Eleições Diretas do PSD com nomeação de Rui Rio
13 jan 2018
8ª Eleições Diretas

Eleição de Rui Rio

Eleitores: 70.692 / Votantes: 42.655 (60,34%)

Rui Rio: 22.728 (54,15%)

Pedro Santana Lopes: 19.244 (45,85%)

16 fev 2018
37º Congresso Nacional

Lisboa, Centro de Congressos de Lisboa

A reunião magna é marcada pela despedida de Pedro Passos Coelho e pela aclamação do novo Presidente do PSD, Rui Rio.

Veja os órgãos eleitos

9ª Eleições Diretas do PSD - 1ª volta
11 jan 2020
9ª Eleições Diretas - 1ª volta

Eleitores: 40.604 / Votantes: 32.082

Votos brancos: 224 / nulos: 145

Rui Rio: 15.546

Luís Montenegro: 13.137

Miguel Pinto Luz: 3.030

9ª eleição direta com segunda volta de Rui Rio
18 jan 2020
9ª Eleições Diretas - 2ª volta

Eleição de Rui Rio

Eleitores: 40.628 / Votantes: 32.582

Votos brancos: 207 / nulos: 132

Rui Rio: 17.157

Luís Montenegro: 15.086

07 fev 2020
38º Congresso Nacional

Viana do Castelo, Centro Cultural de Viana do Castelo

Rui Rio reforça a sua liderança com a reeleição. “Todos por Portugal” é a frase que marca a reunião magna dos social-democratas em Viana do Castelo.

Veja os órgãos eleitos