Rui Rio alerta para as consequências para saúde pública dos portugueses, caso se confirme a decisão do Presidente brasileiro de solicitar às autoridades estaduais e municipais daquele país para que reabram escolas e comércio, e ponham fim ao “confinamento em massa”.

“Se isto vier a acontecer, nós vamos ter de nos proteger de forma redobrada e de imediato, relativamente aos voos vindos do Brasil. Desta vez não pode haver atrasos”, escreveu o líder do PSD, esta quarta-feira, através da rede social Twitter.

Recorde-se que, numa mensagem ao povo brasileiro, Jair Bolsonaro declarou discordar das medidas tomadas pelo seu próprio governo e das autoridades estaduais e municipais sobre a proibição de transportes, o encerramento do comércio e de escolas, e o isolamento das populações.