Rui Rio insiste nas críticas ao ministro das Finanças por se recusar a debater com o porta-voz do CEN para as finanças públicas as contas sólidas que o PSD apresenta ao País. “Para mim, tem mais interesse o PS estar a procurar descredibilizar o quadro macroeconómico, as taxas de crescimento e a redução de impostos que apresentámos. No entanto, quando desafiamos para fazer um debate entre Mário Centeno e Joaquim Sarmento (…), por que é que o Dr. Mário Centeno não faz o debate que ele próprio disse que fazia?”, interrogou.

Para o Presidente do PSD, só há uma justificação para a recusa reiterada de Mário Centeno: “ele foge porque tem medo, porque tem a certeza que não é capaz de sustentar o que tem dito, porque o que tem dito não é verdade, é mentira”.

Rui Rio, que acompanhou esta quarta-feira de manhã uma arruada em Santa Maria da Feira e almoçou com trabalhadores da empresa PECOL, em Águeda, sublinha que toda a esquerda continua a apostar no mesmo registo tático para iludir os eleitores. “O PS afasta-se do BE e do PCP por razões eleitorais. Se for necessário, farão a geringonça seguramente outra vez”, alertou.