Rui Rio almoçou, esta sexta-feira, com o Presidente da República, na Base Aérea/Aeródromo de Manobra N.º 1 de Ovar. Antes, o chefe de Estado elogiou a atuação “exemplar” do líder do PSD, que soube colocar “o interesse nacional à frente do partidário” na crise da covid-19, dando “ao país uma força” inimaginável. “Um dos motivos pelos quais vim aqui foi para saudar Rui Rio como líder da oposição e candidato a Primeiro-Ministro. Como líder da oposição, foi um exemplo. Acho que não conseguiria fazer o que ele fez, nomeadamente numa circunstância como esta, de todos os dias ter de enfrentar situações novas e inesperadas”, afirmou o Presidente da República.

Rui Rio declarou que esta deslocação serviu para “prestar homenagem aos autarcas”, em especial, ao edil Salvador Malheiro, que geriu com competência os interesses da comunidade no concelho que enfrentou a primeira e mais longa cerca sanitária devido à covid-19 (31 dias). “A proximidade funcionou neste período”, disse.

Estando na Base Aérea de Manobra N.º 1 de Ovar, Rui Rio agradeceu a dedicação das Forças Armadas no contexto da crise.

O Presidente do PSD alertou, uma vez mais, que é preciso preparar o país para uma segunda vaga da doença, reiterando que a postura do PSD nesta crise é relegar “para último plano os interesses partidários e colocar o interesse do país à frente de tudo o mais”.