Há regiões, como o Alentejo, que “contribuem pouco para as alterações climáticas mas que são das mais afetadas” por aquele problema, nomeadamente no que diz respeito à subida de temperatura, apontou Graça Carvalho, em entrevista à Rádio Pax, esta segunda-feira.

Graça Carvalho, que detém experiência e conhecimento nas áreas da ciência e da inovação, alerta para a importância de representar as regiões do interior no debate europeu. A candidata pelo PSD explica que “o maior investimento nas nossas regiões e no interior” é uma das bandeiras do PSD, o que se traduz na qualidade da lista às europeias do próximo domingo, com “vários candidatos bem posicionados que vêm do interior, como é o meu caso”.

“Temos de ter um país mais solidário, que defende também o interior e nós temos candidatos que vão defender o interior”, reiterou.