A número 2 da lista do PSD às europeias continua a fazer uma campanha que quer ser neutra do ponto de vista ambiental. As emissões de CO2 produzidas pela carrinha que Lídia Pereira está a levar pelo País vão ser mitigadas, através de iniciativas como a plantação de árvores ou a compra de créditos de carbono, explica a candidata numa conversa com o líder do Conselho Nacional de Juventude (CNJ), Hugo Carvalho.

Dentro da carrinha da volta laranja, Lídia Pereira explica o mote da campanha: “é assim que se lidera pelo exemplo e é o que pretendo fazer no início do meu mandato”. A número 2 do PSD ao Parlamento Europeu, que tem no combate às alterações climáticas uma das suas principais bandeiras aponta que “assuntos como o ambiente não têm cor partidária”.

Hugo Carvalho constata que a União Europeia tem liderado a agenda climática, este que é um tema importante para os jovens. Também importante tem sido o debate em torno do Artigo 13.º, que “despertou o interesse dos jovens” como poucos outros temas tinham conseguido fazer. Para o Presidente do CNJ, trata-se de “proteger os direitos de autor”.

Representantes dos jovens, Lídia Pereira e Hugo Carvalho apontam ainda a distância da juventude face aos partidos políticos e defendem que a forma de fazer política deve modernizar-se, sendo mais digital.