O PSD louvou o trabalho desenvolvido por toda a comunidade educativa para o regresso dos alunos às escolas. Na audição dos representantes da ANDAEP, ANDE, CONFAP, CNIPE e Conselho das Escolas, por requerimento do PSD, António Cunha enalteceu o trabalho que estas entidades têm realizado na busca de soluções para o problema dramático que Portugal enfrentou e continua a enfrentar.

“A pandemia obrigou as escolas, nomeadamente os seus diretores, os docentes, os assistentes operacionais e técnicos e também os pais e encarregados de educação, as autarquias e as forças vivas das nossas comunidades, a um trabalho colossal de reorganização de todo o sistema educativo”.

O social-democrata considerou que este trabalho é ainda mais de louvar, se tivermos em conta que este recomeço das aulas em regime presencial foi caracterizado pela ambiguidade das orientações emanadas pelo Ministério da Educação às escolas, tendo causado dúvidas a toda a comunidade escolar.

António Cunha frisou que, para o PSD, é de extrema importância saber como está a decorrer este regresso dos alunos às escolas.

Após ouvir as intervenções dos representantes das entidades, Cláudia André frisou que as preocupações do PSD mostraram ser justificadas, uma vez que os planos e as melhorias dos mesmos foram resultado do contributo de todos os professores, escolas, pais autarquias e alunos. “O mérito do Ministério foi o de saber ouvir e depois saber exigir o que resultou desta auscultação”, referiu a deputada.

A social-democrata recordou a importância do investimento feito pelas autarquias, que colocou em evidência que tudo o que implica reforço de verbas nunca é feito pelo Ministério da Educação, e quis saber se existe algum reforço nas verbas quer para apoiar as escolas, quer para a ação social dos alunos mais desprotegidos.