O Presidente do PSD desloca-se na quarta e quinta-feira ao Algarve para avaliar no terreno as consequências da pandemia na região, numa visita em que terá encontros com empresários, autarcas, pescadores, associações de turismo e profissionais de saúde.

O objetivo é analisar “a realidade de todas as áreas” no Algarve, região para a qual o PSD apresentou recentemente um programa de resposta específico nas áreas económica e social no âmbito da pandemia da covid-19.

O programa da visita de Rui Rio ao Algarve arranca na quarta-feira de manhã com uma reunião de trabalho com associações empresariais e turísticas do Algarve, em Albufeira. Segue-se um almoço com autarcas do PSD, um encontro com uma associação de pescadores em Quarteira e uma visita a uma empresa de viveiros agrícolas, a Plantalgarve, em Faro. A agenda do líder do PSD na quarta-feira termina com um jantar com empresários da região em Castro Marim.

Na quinta-feira, 30 de julho, Rui Rio reúne-se com profissionais de saúde algarvios, em Portimão.

No programa de resposta económica e social para o Algarve assinado por Cristóvão Norte, Rui Cristina e Ofélia Ramos, os três deputados sociais-democratas eleitos por este círculo, sublinham que a região pode enfrentar “um cataclismo económico e social” como nenhuma outra no País. Os deputados apontam que o setor turístico e atividades conexas “registam perdas brutais”, salientando que estas representam mais de 50% na economia da região e de 40% no emprego.