PSD Partido Social Democrata, Acima de Tudo Portugal
Selecione uma opção
Europa
Fora da Europa
NOTÍCIAS
Marco António Costa: Faltam reformas para Portugal crescer mais
18 de Maio de 2017
Marco António Costa: Faltam reformas para Portugal crescer mais

“O País está a beneficiar de um conjunto de decisões e reformas que foram feitas ao longo dos últimos anos”, disse o Vice-presidente do PSD

 

Em entrevista à Rádio Renascença e ao Jornal Público, Marco António Costa vincou que o PSD fica bastante satisfeito com o crescimento da economia do país.

O PSD sente sempre satisfação quando há boas notícias”, afirmou o Vice-presidente do PSD que, por outro lado, não deixou de destacar que o atual Executivo sentiu necessidade de mudar de estratégia após alertas da Comissão Europeia.

O Governo mudou de estratégia orçamental na Primavera do ano passado, face ao que estava a acontecer nos primeiros meses do ano. A Comissão Europeia alertou o Governo que estava a caminhar para não cumprir o défice e que a estratégia de induzir crescimento pela devolução de rendimentos não estava a ter resultados. Aí o Governo foi pragmático: lançou mão de cativações definitivas, que bloquearam investimentos; lançou o programa Peres e a reavaliação de activos para obter receitas extraordinárias. Meteu travão a fundo, para assegurar um défice mais baixo do que aquele que previa”, declarou.

No fundo, o Governo PS fez o que acusava no passado. “Aquele fundamentalismo de que o PS nos acusava? Conseguiu ultrapassar-nos com o que fez na segunda metade de 2016”, relembrou Marco António Costa.

O Vice-presidente social-democrata não deixou de recordar que o défice atingido é positivo mas, no entanto, “o saldo estrutural degradou-se”. “Atingiram-se os objetivos mas não da forma adequada e o Governo perdeu o ano de 2016 naquilo que era uma perspetiva de crescimento mais ambiciosa”, vincou.