Lídia Pereira, militante da JSD, foi eleita Presidente da Juventude Popular Europeia (YEPP) no Congresso, que juntou 175 delegados provenientes de 33 países, em Atenas, no dia 3 de novembro. É a primeira mulher a liderar a maior organização política de jovens de centro-direita e afeta ao Partido Popular Europeu (PPE).

Natural de Coimbra, Lídia Pereira tem 27 anos e sucede ao romeno Andrianos Giannou. O lema da moção que levou ao congresso é “Together we go further” (“Juntos vamos mais longe”).

Lídia Pereira reside e trabalha como consultora em Bruxelas. Economista de formação, foi vice-diretora das Relações Internacionais da JSD. A YEPP, organização fundada em 1997, integra 58 juventudes partidárias oriundas de 38 países europeus. O PPE é a família política com maior representatividade no Parlamento Europeu.

Para mais informações, visite o site do YEPP aqui.